Image Map


12/12/2018

No último sábado, dia 8 de dezembro, aconteceu a 8ª edição do Projeto Moda Rio – PMR Let’s Go.

O evento aconteceu no espaço Spaces, um coworking, situado dentro do Teatro Riachuelo no Centro do Rio.

Para quem não sabe o que é o Projeto Moda Rio, vou explicar rapidamente.

O Projeto Moda Rio, cujo idealizador é o Wallace Safra, é uma startup com foco na gestão de capital humano dentro do setor da moda carioca que possibilita ao mercado descobrir, mostrar, capacitar, desenvolver, instruir e construir novos profissionais e novos produtos em âmbito nacional.

A Oitava edição do projeto foi marcada pelo desfile de lançamento de 5 novas marcas que são grandes apostas para o setor da moda carioca.

Nesta edição foram apresentadas as marcas: Clichee, Luna, Doble, Geração P e Viviane Blanco.

A primeira marca a abrir o desfile foi a Clichee, que é uma marca de acessórios femininos inspiradas na diversidade da mulher brasileira.

Sua fundadora, a designer Gisele Barthar, começou a sua marca como hobby e hoje tem como missão espalhar a beleza por todos os cantos.

Suas peças eram delicadas, refinadas e com uma pegada étnica.

A segunda marca a desfilar foi a Luna. Luna é uma marca de moda masculina e moda praia masculina.

Seu designer, Felipe Luna, tem 22 anos, é morador de Nova Iguaçu (Baixada Fluminense do RJ) e usou como inspiração para a sua coleção as raízes do samba.

Sua coleção foi marcada por peças confortáveis e estilosas. Além disso, apresentavam um estilo urbano e descontraído.

Doble foi a terceira a marca a desfilar. À frente da marca esta o designer Lucas Miranda, também morador de Nova Iguaçu, e suas peças se destacam por serem pretas e/ou brancas.

A combinação entre as cores, os cortes e modelagens trouxeram um ar de sofisticação, mas ao mesmo tempo, moderna e contemporânea.

A penúltima marca a desfilar foi a Geração P e, modéstia a parte, a minha preferida. Quem está a frente da Geração P é o designer Izaquis de Paulo de 53 anos e sua missão é abrir portas para construir o novo com a qualidade e tradição do passado.

Sua coleção era bastante colorida, o que transmitia alegria e irreverência. Duas de suas peças traziam a técnica de Patchwork, mostrando que artesanato e moda andam juntas. Também gostei muito de alguns looks que me remetiam ao malandro da Lapa. No geral, achei a coleção com um estilo sofisticado despojado.

E por último, mas não menos importante, a marca que leva o nome da própria designer, Viviane Blanco. Viviane Blanco é uma marca de moda praia feminina que veste do manequim 36 a 56.

A designer trouxe para a passarela uma coleção resort surpreendente. Suas peças eram refinadas, versáteis e sensuais (sem ser vulgar, é claro). A coleção também apresentou muitas cores e estampas que com certeza serão hit no verão 2019.

Todas as modelos usavam brincos feitos com sobras de malha, que além de agregar valor ao look, mostrou o lado sustentável da marca ao se preocupar em dar utilidade para as sobras.

Espero que tenham gostado de conferir  o desfile do PMR Let’s Go.

Beijos e até a próxima.

Compartilhe com os amigos
comentários0

  • Bate Papo com Rita Paiva e Convidados
  • Look do dia – Aniversário Marido
  • Startup Weekend Women Rio 2017
  • 01/07/2018

    Olá Criativos, tudo bom?

    Você já ouviu falar no filme Jeremy Scott: The People’s Designer? Esse filme é um documentário sobre o estilista Jeremy Scott e conta um pouco da sua história: da infância humilde na zona rural dos EUA até se tornar diretor da Moschino (pronuncia-se mosquíno).

    Apesar de ser considerado da geração anti moda nos anos 90 por fazer o que queria e não mais do mesmo, Jeremy é reconhecido por seu design que mistura moda de rua e cultura pop.

    O importante de assistir filmes que envolvem a indústria criativa, seja você sendo da área de moda ou artesanato, é poder ver todo o trabalho que acontece antes de ocorrer o evento principal que é o desfile.

    A maioria das pessoas não possui o conhecimento de que a moda não é só aquele desfile glamouroso e suas tendências. Na verdade o desfile é apenas 1% perto do que realmente importa, que é toda a criação, estudo e conceito de cada peça (que leva meses para serem criadas, mas aparece no desfile apenas durante 15s).

                    Criação de Jeremy Scott para Adidas

    Quando assisti o filme do Jeremy Scott, pude refletir não só sobre moda, mas também, sobre a vida.  Pois diferente da maioria dos estilistas, suas criações eram divertidas, irreverentes e fora dos padrões aceitáveis na moda.

    Tanto é que num momento do filme, ele diz: Comecei a fazer do meu jeito e foi libertador para mim.

    E realmente, eu não só entendo o que ele diz, como também,  passei por isso. Primeiro que para começar sou completamente fora dos padrões das blogueiras no geral. Não sou magra, não sou super estilosa e nem maquiada.

    E segundo, porque a um tempo atrás troquei o meu nicho aqui do blog. Antes era beleza e moda e agora o assunto é artesanato, um nicho que é bem mais a minha cara. Claro que ainda falo sobre moda e beleza,mas do meu jeito e sem obrigação.

    Então é isso pessoal. Fica minha dica para assistirem o filme e aproveitarem todos os ensinamentos que ele dá, tanto como pessoa, estilista e criativo.

    Fique com mais algumas criações de Jeremy Scott.

    Um grande beijo e até a próxima!

    Compartilhe com os amigos
    comentários0

  • Minha primeira grande produção no mundo da moda
  • Eu decidi escolher Produção de Moda
  • Montando o seu kit de costura
  • 13/06/2018

    No dia 9 de junho, aconteceu no Novotel Porto Atlântico o Lançamento do Case da 8ª Edição do Projeto Moda Rio e eu tive a grande honrar de participar e conhecer um pouco mais de perto sobre esse projeto que é muito mais que um evento de Moda.

    O Projeto Moda Rio é uma startup com foco na gestão de capital humano dentro do setor da moda carioca que possibilita ao mercado descobrir, mostrar, capacitar, desenvolver, instruir e construir novos profissionais e novos produtos em âmbito nacional, possibilitando através de um único espaço, que estes produtos sejam vistos como campos estratégicos de compra e venda de serviços e produtos. Um local para despertar novos talentos!

    E sabem quem está por trás e pela frente deste grande projeto? Wallace Safra, grava esse nome bebê, pois  já posso adiantar que o cara é foda.

    Wallace Safra, idealizador deste grande projeto, é também produtor artístico e de eventos da Ouro Produções, Coach Fashion, sócio no Ateliê By Izaquis, além de ser assessor e consultor de várias marcas nacionais.

    Não disse que o cara é foda?! E foi o próprio que me convidou para estar fazendo parte desse momento especial e eu, é claro, aceitei sem pestanejar.

    Durante o lançamento do case, tivemos uma apresentação sobre o Projeto e conhecemos um pouco sobre o mundo das misses, com a presença das Misses Rio De Janeiro Sabrina Amorim (2016), Isabel Correa (2017) e Amanda Coelho (2018). Também tivemos um super bate papo, onde podemos nos apresentar, tirar duvidas sobre o projeto e, inclusive, sugerir ideias para a 8ª edição.

    E sim, a 8ª Edição já está com data e local definidos. A 8ª Edição do Projeto Moda Rio será realizada nos dias 29 e 30 de setembro no Parque das Ruínas em Santa Teresa – RJ.

    Está curioso? Quer vivenciar um pouquinho do que falei até aqui? Então é só assistir o vídeo!

    Espero que tenham gostado e em breve trarei mais informações e a programação do evento. Fui!

    Compartilhe com os amigos
    comentários0

  • A Moda e Eu!
  • Evento Veste Rio
  • Look Veste Rio
  • 1 2 3 8