CATEGORIAS

ÚLT POSTS

728X90

    Minha ideia para o blog é escrever uma postagem por semana, tanto que semana passada eu deveria estar escrevendo a segunda parte do post "E a monografia", porém na semana passada minha avó veio passar uma semana na casa da minha mãe e como minha avó está doente e sem poder andar sozinha, fui ajudar a cuidar dela. Então, acabei deixando o blog de lado.

    Durante essa semana criei várias atividades para entretê-la e estimular o raciocínio e a sua parte motora. Minha irmã também deu a ideia de a levarmos no shopping, pois assim seria uma maneira de descontrair e arejar a cabeça. 

    Como minha avó está com dificuldades para andar e só anda com ajuda de alguém, fomos a shoppings que tinham serviço de cadeira de rodas gratuito, como o Via Parque e o Norte Shopping. Foi aí que descobri que cadeiras de rodas são invísiveis.

    Pude sentir, um pouquinho, o que um cadeirante passa e que não é nada agrádavel. Fiquei pasma, como as pessoas são tão mal educadas a ponto de verem uma cadeira de rodas passando e simplesmente ignorarem. As pessoas vinham na direção da cadeira e não desviavam, eu que tinha que desviar com a minha avó. 

    Outro caso, eram as pessoas com o corredor enorme pra passar ou até dentro de uma loja, e elas faziam questão de passar por onde estava a cadeira, aonde não sobrava quase espaço de passagem ou simplesmente elas não tinham passagem, mas era por ali que tais pessoas queriam passar, até esbarrar na cadeira, esbarraram. Novamente: Impressionante, como as pessoas são tão mal educadas.

    É óbvio que não foi a maioria das pessoas, mas digamos que metade, com certeza, fizeram tal ato. Sem contar, com as crianças largadas no shopping correndo, e se não bastasse eu já estar empurrando a minha avó bem devagarinho, ainda tinha que tomar conta para não atropelar um pirralho ou um pirralho atropelar a minha avó.

Só fico imaginando o quanto um cadeirante sofre, pois o que passei com a minha avó na cadeira de rodas, não chega a 1% que um cadeirante sofre. Olha, aja paciência para aturar este povo mal educado, mas infelizmente educação não está na moda, né?




Beijos da Taboada.

0
Comentários
Compartilhe com os amigos

Comente pelo Facebook!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *